Missão:

A nossa missão tem como objectivo a protecção de animais abandonados, acolhendo-os com carinho e proporcionando-lhes cuidados veterinários que a sua situação de saúde exija (mas nos quais se incluem, pelo menos, desparasitação, vacinação e esterilização). Paralelamente, divulgamos esses animais para que encontrem famílias que os respeitem e os adoptem com responsabilidade.

 

Como Ajudar:

A ajuda de todos é preciosa! Pode ajudar os nossos animais através de donativos diversos, que promovam os seu bem-estar, donativos monetários para ajuda nas despesas de veterinário, ou simplesmente fazer a divulgação dos nossos animais, contribuindo assim, para uma responsável adopção.

 

Donativos Monetários:

Para o envio de donativos monetários, agradecemos que o façam para o NIB 0079 0000 4682 5711 10193

.pesquisar

 

.posts recentes

. As Miúdas Giras da MPF :-...

. Os Rapazes Giraços da MPF...

. Newsletter Março 2012

. PALOMA , o Esqueleto - Ac...

. SOS..Torres - Actualizaçã...

. Ida à praia!!

. Até um dia ....Patanisca!

. SOS..Torres

. C.C.COLOMBO - Campanha de...

. Twix - Satisfaz 2 vezes (...

. TRIXIE - Mãe abandonada (...

. PALOMA - O Esqueleto (Apa...

. VITÓRIA - A Velhota Espev...

. Newsletter Fevereiro 2012

. Leãozinho - À espera de a...

. STELLA - Mãe Abandonada (...

. SORAYA - Peace and Love (...

. LAIKA (Adopção/Apadrinham...

. MATIAS - O Meiguinho (Ado...

. NANCY - A Baixote (Adopçã...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. adopcao(75)

. adopçao(39)

. adopção(8)

. adopcoes(36)

. adoptados(149)

. adulta(7)

. adulto(5)

. afonsinho(4)

. alvim(2)

. amélia(2)

. apadrinhamento(29)

. becky(3)

. benji(2)

. benny(5)

. bernardo(3)

. bia(3)

. bianca(3)

. blueeyes(2)

. bruna e maria(2)

. cacau(2)

. cachorra(13)

. cachorro(14)

. cachorros(2)

. cadela(53)

. campanhas(13)

. cao(40)

. cão(7)

. carlitos(3)

. carocha(4)

. chico(2)

. chocapic(3)

. cronica(5)

. cuca(3)

. daisy(2)

. fafá(2)

. femea(10)

. fifi(2)

. flor(2)

. fred(5)

. galucho(4)

. gastão(3)

. gata(10)

. gatinha(2)

. gatinhos(4)

. goncalinho(6)

. gui(3)

. happy(3)

. hope(4)

. jessie(2)

. joaninha(5)

. kali(2)

. kao(3)

. kelly(3)

. kiki(4)

. kiko(2)

. kima(3)

. léon(2)

. lucy(2)

. luna(3)

. macho(5)

. mara(3)

. maria(3)

. maria do mar(4)

. maria do monte(3)

. maria papoila(3)

. mariana(3)

. marie(3)

. marilyn(4)

. martim(3)

. matilde(11)

. memorial(3)

. mimosa(15)

. novelo(3)

. oddie(13)

. patanisca(3)

. pikachu(3)

. pintas(5)

. pipoca(3)

. pirucas(4)

. porte grande(14)

. porte medio(33)

. porte médio(6)

. porte pequeno(47)

. pretty(3)

. rafa(4)

. recuperacoes(27)

. recuperações(11)

. recuperaçoes(3)

. ricky(3)

. sandy(4)

. sasha(3)

. scott(6)

. simao(3)

. tazo(3)

. tommy(4)

. urgente(5)

. urgentes(7)

. willy(3)

. yuri(6)

. zémaria(3)

. todas as tags

.subscrever feeds

Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

Crónicas da Manelita


Como, num dia de chuva na Cidade, demos o nosso passeio matinal,  ou como pôr a dona verde de raiva, sff (sem fazer força)


Logo pelas seis da matina, já a dona estava a torcer o nariz. Levantou-se, espreitou lá para fora e resmungou: já estou tramada.

 

Eu levantei-me também, fui atrás dela. Chovia a potes. Saltei nas 4 patas, fiquei louco de alegria.

 

A dona lá fez todos aqueles trabalhos que costuma fazer, empatando, na esperança de que a chuva parasse. A chuva não parou. 8 horas. A dona, macambúzia, pôs-me a trela e à minha mana Tess, e saímos. A dona vestia apenas um leve blusão, pseudo-impermeável, com capuz. Com as mãos ocupadas com as trelas, não pode levar guarda-chuva.

 

Chegados que fomos ao jardim, a dona soltou-nos. Ai, que relva fresquinha e apetitosa! Deixa-me comer um pouco. Chovia a potes. Ai, como gosto de sentir a chuva a refrescar o meu pêlo de cão-de-água. E como é bom treinar as minhas mandíbulas de boxer nesta relva gostosa. Vou comê-la com todo o vagar. Esta aqui é boa... esta aqui não presta. Relanceei a dona. Não parecia bem disposta. Toda ela escorria e não estava a apreciar a chuva refrescante. A minha mana Tess, coitada, que tem pêlo raso, apesar da capa, estava ensopada, encolhida e infeliz. Que coisa! Nem sabem gozar os momentos bons da vida.

 

-Despacha-te Dominó, deixa lá de tasquinhar a relva. Faz lá o que tens a fazer para irmos embora.

 

Fiz-lhe a vontade, larguei a relva e fui inspeccionar o Ecoponto. Dei a volta pelo lado da rua, não fosse dar-se o caso de lá estar algum petisco que me escapasse. Costuma haver uns ossos e umas espinhas de peixe, saborosos, saborosos, oh la la!

 

-Dominó, Dominó, olha os carros, ficas atropelado. Despacha-te! Estou encharcada.

 

Sim, realmente parecia um pouco molhada, e quando andava os sapatos faziam um ruído esquisito: tchoca, tchoca - que seria?

 

A questão  é  que não me apetece fazer xixi. Quanto ao resto, muito menos. Vou andar mais um pouco por aqui. a ver se me vem a vontade. Dez minutos depois, ainda não tinha vindo (a vontade). Ah, e estes maravilhosos cheiros que vêm da terra molhada. Tantos e tão diferentes e que me deixam o nariz em êxtase. Vou snifar mais um pouco. Ulfff! Ulfff!!

 

-Vá, vamos embora, fazes perder a paciência a um santo. Acabou-se a brincadeira.

 

Que dona esta, nem sabe desfrutar das benesses da Natureza. Mas. na verdade, olhando bem para ela, acho-a um pouco esverdeada, assim como se tivesse saído do tal ecoponto que eu rodeei.

 

 -Não fizeste nada, Dominó. Que seca! Ainda temos que ir dar a volta ao quarteirão.

 

 Fomos.  Ela, tchoca, tchoca e a pingar. Eu molhado, feliz e aos pulinhos.

 

Ai, que me deu a vontade! Olha, aqui em frente do café, é que é o lugar ideal. Vou dar umas voltas e agachar-me para.... Um safanão. Um puxão violento.

 

-Se fazes alguma coisa aqui, meu estafermo, dou-te uma berlaitada na tromba que te viro.

 

Que linguagem!! Meio agachado, lá fui. Finalmente... que alívio. Esperei um pouco enquanto a dona apanhava com o saco de plástico. Será que vai guardar aquilo para recordação? Olhei para ela. O tom verde tinha-se acentuado. Que mau aspecto. Toda ela escorria. Um cão até tem vergonha de ter uma dona assim!

 

-Atrasado mental... meia hora a cirandar no Jardim e vem fazer em frente ao café. Não há pachorra.

 

Chegámos a casa, fui limpo com uma toalha e guardado no quarto das arrumações, o meu preferido. Hum, que cheirinho a gato. Sagrado como o Destino, que está cá um escondido -  Deixa-a ir-se embora, que já te encontro, palerma. Ora bolas! Deitei tudo abaixo. Se ela ouve, vem cá e lá se vai o entretém. Ouviu. Cauteloso, observei-a, por entre as franjas. Do verde da ira contida,  tinha passado ao encarnado da fúria. Assestou-me dois tabefes no focinho e sacou o Otelo, esse felino pretalhuço, de debaixo da cama e levou-o com ela.  Estragou-me a brincadeira.

 

Mais tarde, ouvi-a dizer ao dono:

 

-Vou ver se consigo que S. Pedro assine um protocolo com S. Francisco de Assis para que não chova das 8 às 10 da manhã e das 7 às 8 da noite.

 

O que é um protocolo?

 

Dominó, o Boxer d’Água

 

tags:
publicado por Missão Patas Felizes às 09:21

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2010 às 20:12
Mais uma vez FANTÁSTICOOOOOOOOOOOOOOO

Comentar post


 

Ajude-nos

Auxilie a nossa Missão de recolha/tratamento/adopção de animais abandonados. Obrigado pelo Seu donativo.

- - - - - - - - - -

Help Us

Help us in our mission of collecting / treatment / adoption of abandoned animals. Thank you for your donation.