Missão:

A nossa missão tem como objectivo a protecção de animais abandonados, acolhendo-os com carinho e proporcionando-lhes cuidados veterinários que a sua situação de saúde exija (mas nos quais se incluem, pelo menos, desparasitação, vacinação e esterilização). Paralelamente, divulgamos esses animais para que encontrem famílias que os respeitem e os adoptem com responsabilidade.

 

Como Ajudar:

A ajuda de todos é preciosa! Pode ajudar os nossos animais através de donativos diversos, que promovam os seu bem-estar, donativos monetários para ajuda nas despesas de veterinário, ou simplesmente fazer a divulgação dos nossos animais, contribuindo assim, para uma responsável adopção.

 

Donativos Monetários:

Para o envio de donativos monetários, agradecemos que o façam para o NIB 0079 0000 4682 5711 10193

 

 


 

 


 

 


 

 


.pesquisar

 

.posts recentes

. As Miúdas Giras da MPF :-...

. Os Rapazes Giraços da MPF...

. Newsletter Março 2012

. PALOMA , o Esqueleto - Ac...

. SOS..Torres - Actualizaçã...

. Ida à praia!!

. Até um dia ....Patanisca!

. SOS..Torres

. C.C.COLOMBO - Campanha de...

. Twix - Satisfaz 2 vezes (...

. TRIXIE - Mãe abandonada (...

. PALOMA - O Esqueleto (Apa...

. VITÓRIA - A Velhota Espev...

. Newsletter Fevereiro 2012

. Leãozinho - À espera de a...

. STELLA - Mãe Abandonada (...

. SORAYA - Peace and Love (...

. LAIKA (Adopção/Apadrinham...

. MATIAS - O Meiguinho (Ado...

. NANCY - A Baixote (Adopçã...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. adopcao(75)

. adopçao(39)

. adopção(8)

. adopcoes(36)

. adoptados(149)

. adulta(7)

. adulto(5)

. afonsinho(4)

. alvim(2)

. amélia(2)

. apadrinhamento(29)

. becky(3)

. benji(2)

. benny(5)

. bernardo(3)

. bia(3)

. bianca(3)

. blueeyes(2)

. bruna e maria(2)

. cacau(2)

. cachorra(13)

. cachorro(14)

. cachorros(2)

. cadela(53)

. campanhas(13)

. cao(40)

. cão(7)

. carlitos(3)

. carocha(4)

. chico(2)

. chocapic(3)

. cronica(5)

. cuca(3)

. daisy(2)

. fafá(2)

. femea(10)

. fifi(2)

. flor(2)

. fred(5)

. galucho(4)

. gastão(3)

. gata(10)

. gatinha(2)

. gatinhos(4)

. goncalinho(6)

. gui(3)

. happy(3)

. hope(4)

. jessie(2)

. joaninha(5)

. kali(2)

. kao(3)

. kelly(3)

. kiki(4)

. kiko(2)

. kima(3)

. léon(2)

. lucy(2)

. luna(3)

. macho(5)

. mara(3)

. maria(3)

. maria do mar(4)

. maria do monte(3)

. maria papoila(3)

. mariana(3)

. marie(3)

. marilyn(4)

. martim(3)

. matilde(11)

. memorial(3)

. mimosa(15)

. novelo(3)

. oddie(13)

. patanisca(3)

. pikachu(3)

. pintas(5)

. pipoca(3)

. pirucas(4)

. porte grande(14)

. porte medio(33)

. porte médio(6)

. porte pequeno(47)

. pretty(3)

. rafa(4)

. recuperacoes(27)

. recuperações(11)

. recuperaçoes(3)

. ricky(3)

. sandy(4)

. sasha(3)

. scott(6)

. simao(3)

. tazo(3)

. tommy(4)

. urgente(5)

. urgentes(7)

. willy(3)

. yuri(6)

. zémaria(3)

. todas as tags

.subscrever feeds

Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

Crónicas da Manelita


A VELHOTA QUE NÃO CONHECIA AS LETRAS

Pediram-me as mentoras da Missão Patas Felizes que, de quando em quando, escrevesse umas crónicas ou comentários.

 

O objectivo, penso eu, seria o de diversificar um pouco o blog, para que no mesmo não surgissem somente histórias de abandono, de cães e de gatos (e de cabras, e de guinea pigs, como já aconteceu) novo e velhos, doentes e desvalidos, postos de lado, deitados fora, como se fossem objectos descartáveis, lixo sem préstimo, impróprio, até, para a reciclagem.

 

Mesmo sem entender muito bem o que de mim desejavam, acedi. Mas, na realidade, tenho que confessar que não é tarefa fácil. Por um lado, porque sinto que já se escreveu tudo sobre tudo, que não há mais nada a dizer sobre coisa alguma nestes conturbados tempos, a não ser que nos repitamos até à exaustão. Parece que já vi tudo, que assisti a milhares de guerras e de sofrimentos inúteis. Por outro lado, falta-me a inspiração e se, por vezes, me ocorrem algumas ideias, logo se esfumam no frenesim das tarefas quotidianas, dos horários a cumprir, do trabalho profissional e doméstico, dos problemas de saúde familiares, dos cuidados a dispensar aos meus muitos quatro patas. Relego-as, portanto,  para os cafundós do crânio e da mente, e quando, exasperada, tento repescá-las, já lá não estão.

 

Mas, ainda assim, por vezes, muito raramente, é certo, situações há que me sensibilizam, que me fazem pensar que, não importa o que nos possa acontecer, a vida é para ser vivida com alegria e com optimismo e que é pouco avisado da nossa parte não aproveitar as benesses e bons momentos que nos são concedidos.

 

Sou uma leitora compulsiva. Desde muito cedo, o gosto pela leitura, me foi inculcado pelos meus pais que, embora oriundos do Baixo Alentejo, e fazendo parte de famílias numerosíssimas, de modestos recursos, foram à escola e frequentaram-na até à 3ª. ou 4ª. classe.  Nos tempos actuais, de 12 anos de escolaridade obrigatória, isto pode parecer risível, mas na primeira década do século XX, pessoas da província, mandarem os filhos à escola, especialmente as meninas era, com frequência, mal visto, no mínimo uma esquisitice, de quem se queria armar em superior.  As meninas não precisavam de instrução para nada, tal coisa até lhes podia meter ideias estranhas na cabeça, de independência, de revolta, de desobediência aos futuros maridos.

 

As minhas mais remotas recordações de infância prendem-se com a leitura e com os livros. E ainda me vejo, dez reis de gente, 5/6 anos de idade, pela mão do meu irmão, calcorreando terras e ladeiras, em direcção à biblioteca do Sr. Lima, na Escola Oficina  nº. 1, no Largo da Graça, onde passava as tardes de Sábado e de Domingo, perdida nos Mais Belos Contos de Fadas. E quando, por força das circunstâncias, fomos obrigados a regressar de África, além da vida tranquila e desafogada que deixei para trás, só tive pena dos meus livros. Não sei viver sem eles e aproveito todos os momentos para ler um pouco.

 

Assim o fiz, hoje, enquanto esperava pelo autocarro que me havia de trazer para o trabalho, em Lisboa.

 

Alheada do que se passava à minha volta, eis que, de repente, uma mão enrugada, tisnada, tapa o meu livro. Levantei os olhos, sobressaltada, e encarei a intrusa:  era uma velhota que, com frequência, passeia pelas ruas do Livramento, vinda de alguma aldeia próxima, sai e entra em autocarros, vai aqui e acolá,  e que sempre me cumprimenta (e a todas as pessoas que encontra) com um sorriso aberto, desdentado e ternurento.  O rosto marcado por décadas de trabalho duro, as costas curvadas por anos e anos de enxada, de sol a sol. Na cabeça, um lenço, com as pontas a atar atrás, à moda saloia de outros tempos.

 

- Bom dia, minha senhora. A ler um bocadinho enquanto espera, não é? Em casa, não há tempo para ler… Faz bem, faz bem.

E acrescentou com pesar:

- Eu não conheço uma única letra.

- Mas, então, se tem pena, ainda está a tempo de aprender.

- Agora, minha senhora? Com quase 90 anos? Não, já não tenho cabeça para isso. Sabe, no meu tempo, não era obrigatório, como agora. E nós éramos 6 irmãos, nenhum de nós foi à escola. Desculpe, minha senhora, não queria incomodá-la.

 

Limpou uma lágrima furtiva e seguiu caminho.

 

Segui-a também com os olhos. Retomei a minha leitura.

 

Sou uma mulher afortunada.

 

MHR

18.11.09

 

tags:
publicado por Missão Patas Felizes às 13:41

link do post | comentar | favorito

Missão Patas Felizes na SIC

 


Questões ou Sugestões para:patasfelizes@gmail.com

Maio 2009 Copyright © Patas Felizes

Contador automático:

Nº de visitantes em simultâneo:

 

 

TORRES

PALOMA

LEÂOZINHO

ODDIE

Urgentes

 

Cachorro

Cachorra

Cao

Cadela

Gatinhos

Todos

 

Adoptados

 

As Recuperações

 

Em memória de...

 


 


 

Ajude-nos

Auxilie a nossa Missão de recolha/tratamento/adopção de animais abandonados. Obrigado pelo Seu donativo.

- - - - - - - - - -

Help Us

Help us in our mission of collecting / treatment / adoption of abandoned animals. Thank you for your donation.

 


 

PARA ADOPÇÃO

 

TWIX

TRIXIE

VITÓRIA

STELLA

SORAYA

LAIKA

MATIAS

NANCY

ALVIM

MARIA DO MAR

HAPPY

SAMIRA

PATANISCA

LUCY

MARA

KIMA

MIMOSA

TAZO

SEBASTIÃO